Você está aqui: Página Inicial Secretaria de Turismo Reunião com Prefeitos do Circuito Turístico Pico da Bandeira
Ações do documento

Reunião com Prefeitos do Circuito Turístico Pico da Bandeira

Prefeitos da Região do Circuito Turístico Pico da Bandeira se reuniram no Caparaó Parque Hotel para discutirem e aprovarem propostas para serem encaminhadas ao Governo do Estado.

Reunião com Prefeitos do Circuito Turístico Pico da Bandeira

 

 

 

Na tarde desta segunda-feira, 12 de agosto, os Prefeitos da Região do Circuito Turístico Pico da Bandeira se reuniram no Caparaó Parque Hotel para discutirem e aprovarem propostas para serem encaminhadas ao Governo do Estado.
Participaram da reunião o Presidente do Circuito Turístico Pico da Bandeira, Prefeito de alto Jequitibá Daniel Sathler, o Gestor do Circuito Turístico Pico da Bandeira e Secretário Municipal de Turismo de Espera Feliz, Francisco Melo, o Prefeito de Alto Caparaó, José Gomes, o Prefeito de Manhuaçu, Nailton Heringer, o Prefeito de Espera Feliz, Carlinhos Cabral, o Prefeito de Luisburgo, José Carlos Pereira, o Prefeito de Santana do Manhuaçu, João do Açougue, o Prefeito de Durandé, Lauro Joaquim Simão, a Prefeita de Manhumirim, Darci Braga e o Vice-prefeito de Pedra Dourada, Vandir Pedrosa de Mendonça . Além dos Secretários Municipais de Turismo de Carangola, Tombos e Caiana, que representavam seus prefeitos.
        Durante a reunião, vários assuntos relacionados ao turismo local e regional foram discutidos, os municípios apontaram propostas e demandas turísticas dos seus municípios e da região. Três propostas foram aprovadas com as seguintes reivindicações a serem apresentadas: ativação de voos regulares no Aeroporto de Santo Amaro (inaugurado em 2009 - ainda se encontra inoperante) em Manhuaçu; Asfaltamento da Estrada Parque e a Criação do Roteiro Integrado com o Estado do Rio de Janeiro "Rota Minas Rio"

 

 

Segundo o Prefeito Nailton Heringer, da cidade de Manhuaçu, a Região Zona da Mata de Minas é atualmente a 2ª. Região mais pobre do Estado de Minas Gerais, perdendo somente para o Vale do Jequitinhonha. Ele disse ainda que temos o privilégio de estarmos na parte apreciada da Zona da Mata Mineira, a das Montanhas, sendo o pedaço da região mais apreciado, pode-se dizer, a mais rica, pelas belezas naturais e também por causa do café, mesmo enfrentando a crise atual. Ressaltou ainda que o turismo é o caminho, podendo ser o grande alavancador sustentável das cidades.


Banners